Na Tribuna: Vereador Ferré Maxixe defende melhorias ao homem do campo

Na sessão ordinária da noite desta terça-feira (16), o vice-presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Ferré Maxixe (DEM), usou a tribuna para fazer solicitações em benefícios do homem do campo. O parlamentar trouxe observações referentes a estradas vicinais, distribuição de alevinos para os açudes das comunidades, colocação de ‘mata-burros’ e ainda defendeu o fortalecimento da agricultura familiar.

“Estamos sempre em busca de soluções para os patoenses, sejam eles da cidade ou zona Rural. Na noite desta terça-feira, usei a tribuna para defender melhorias para o homem do campo. Solicitando recuperação das estradas vicinais, o roço do mato que está a margem dessas estradas. Também solicitei a colocação de alevinos nos açudes das nossas comunidades, uma vez que estamos em um período já avançado para essa atividade. Essa ação sendo realizada agora, podemos assim, nos meses de setembro ou outubro, no período da pesca, termos peixes já em um tamanho desenvolvido. Estamos nessa luta junto ao município e também aos órgãos do governo do estado. É necessário a realização imediata dessa atividade, pois do contrário, os mananciais vão baixando seus níveis de água e comprometendo o desenvolvimento dos peixes, que chegarão a mesa do homem do campo e também da cidade”, explicou o vereador.

Com relação as estradas vicinais, o parlamentar afirmou que por percorrer o município, constatou a necessidade  das melhorias nessas vias, que interligam todo o município de Patos.

“Por andar pelo município, nós percebemos a necessidade do melhoramento nas estradas vicinais, pois o período das chuvas deixa as estradas com muitos problemas. Assim como também é preciso roçar o mato que cresce as margens das estradas. Outra reinvindicação que fiz, foi para a implantação de ‘mata-burro’, para que os animais, não adentrem em propriedades alheias, não se afaste das propriedades rurais dos seus donos e também não provoquem acidentes nas BR’s ou rodovias estaduais”, argumentou.

Finalizando seu discurso na tribuna da câmara, Ferré afirmou que é preciso ter um olhar diferente para o homem do campo, pois a de fundamental importância suas atividades, para alimentação da nossa sociedade.

“Atendendo e fortalecendo o homem do campo, é também atender as necessidades do homem da cidade, principalmente no que diz respeito a nossa alimentação, oriunda na sua grande maioria, da produção agrícola. Se não atender as necessidades dos agricultores, corremos o risco de enfrentar a falta desses alimentos na mesa da população”, concluiu Ferré.