Banne 01

Vereador Jamerson Ferreira critica nomeações na secretaria de cultura em Patos, escute

Por Eduardo Rabêllo em 18/01/2024 às 10:13:11
Foto: Assessoria

Foto: Assessoria

O vereador Jamerson Ferreira criticou, na manhã desta quarta-feira (17), as nomeações feitas pela prefeitura de Patos para a secretaria de Cultura do município, que é comandada por Germana Wanderley, esposa do ex-deputado federal Érico Djan.


Segundo o vereador, as contratações publicadas no Di√°rio Oficial do município no dia 15 de janeiro são um desrespeito com o setor cultural da cidade, que est√° abandonado e sem incentivos. Ele afirmou que a secretaria de Cultura tem sido um cabide de empregos para apadrinhados políticos do grupo. Escute o √°udio no final desta matéria.


"A publicação no Di√°rio Oficial do município datada do dia 15 de janeiro, gera indignação, nos preocupa e envergonha o setor cultural da cidade de Patos. A secretaria de Cultura tem sido o trenzinho da alegria", disse o vereador.


O parlamentar criticou a destinação de verba pública na contratação de pessoas ao invés de destinar verba para ações de cultura no município.


"É uma vergonha que a prefeitura de Patos gaste mais de R$ 20 mil por m√™s com contratações para uma secretaria que não faz nada pela cultura do nosso município. Onde estão os projetos, os eventos, as ações culturais que justifiquem esse gasto? Onde estão os benefícios para os artistas, os produtores, os agentes culturais que vivem da cultura e estão sofrendo com a baixa da cultura pós pandemia", questionou Jamerson Ferreira.


A cultura patoense é um setor bastante criticado na gestão devido a inoper√Ęncia e o alto custo aos cofres do município. O teatro municipal, que é uma obra paralisada a cerca de dez anos, sequer foi concluído pela gestão, deixando os artistas culturais do município sem um local e sem verba para exercer a cultura.

Assessoria

Comunicar erro
Banne 02

Coment√°rios

Banne 03