Banne 01

Senador Efraim critica decisão do governo de vetar a desoneração dos setores produtivos

Autor do projeto da desoneração, o senador afirma que os maiores prejudicados por essa medida seriam os pais e mães de fam√≠lia

Por Eduardo Rabêllo em 25/11/2023 às 17:37:24
Foto: Assessoria

Foto: Assessoria

O líder do União Brasil no Senado, Efraim Filho (PB), criticou a decisão do governo de vetar a desoneração da folha de pagamento. Segundo o parlamentar, é de se lamentar o governo querer aumentar o imposto, elevando a carga tribut√°ria para os setores que mais empregam e produzem.

Efraim destacou que a decisão vai aumentar o custo do emprego, sobrecarregar as empresas e enfatizou a preocupante opção de demissões ou substituição de funcion√°rios por m√°quinas, automação, robôs e intelig√™ncia artificial, devido ao encarecimento contínuo da contratação.

"Fica clara a sanha arrecadatória do governo, e não aguentamos pagar mais impostos, pelo contr√°rio, estamos em defesa dos empregos e do empreendedor brasileiro contra o veto da desoneração da folha de pagamento", disse.


Autor do projeto da desoneração, o senador afirma que os maiores prejudicados por essa medida seriam os pais e mães de família, que perderiam seus empregos e a capacidade de sustentar suas casas com o fruto do seu trabalho. Disse ainda que é preciso correr atr√°s da derrubada do veto ainda este ano.


"É uma batalha importante para quem trabalha e empreende no Brasil, porque quem sofre mais com essa decisão são as famílias brasileiras. Caber√° a nós, no Senado e na C√Ęmara, trabalhar de forma sólida e ampla para derrubar esse veto", declarou o líder do União Brasil.

Assessoria

Comunicar erro
Banne 02

Coment√°rios

Banne 03