Banne 01

Efraim diz que confia na maioria para barrar descriminalização de drogas no Brasil; PEC ser√° votada nesta terça

Por Eduardo Rabêllo em 16/04/2024 às 10:29:07
Foto: Divulgação Internet

Foto: Divulgação Internet

O senador Efraim Filho falou sobre a PEC das Drogas, da qual ele é relator no Senado Federal. O projeto prev√™ barrar a descriminalização de drogas no Brasil, e est√° previsto para ser votado nesta terça-feira, dia 16 de abril.

Efraim vai apresentar o seu parecer, que foi adiantado anteriormente pela reprovação da legalização, que o parlamentar disse ser danosa para o país. Segundo o senador, a população não quer que as drogas sejam legalizadas.

"Encerrado o ciclo de debates, a votação deve iniciar j√° nesta terça-feira à tarde. O parecer é o mesmo da CCJ, que foi aprovado por uma ampla e sólida maioria de 23 a quatro, na CCJ. A gente espera que essa margem também se reflita no plen√°rio do Senado Federal. Esperamos ultrapassar com uma larga margem, o quórum necess√°rio para a aprovação da PEC e entendemos que ser√° a resposta do Senado em sintonia com aquilo que pensa a sociedade. A sociedade é contr√°ria a descriminalização das drogas, mostra uma aprovação de 70% da PEC contr√°ria a descriminalização, então eu acredito que esse sentimento se refletir√° no plen√°rio do Senado", destacou Efraim Filho.


Ainda segundo Efraim, não poderia se posicionar a favor de um projeto do qual os seus eleitores não contr√°rios.Ele explicou os motivos pelos quais jamais votaria a favor da legalização de drogas no Brasil.

"Se voc√™ descriminalizar as drogas é natural que haver√° um aumento do consumo. O aumento do consumo far√° explodir a depend√™ncia e a depend√™ncia química é um mal no seio da família brasileira. Só a família que tem um dependente químico e que convive, sabe o quão nocivo e desestruturante para a relação familiar é aquele ambiente. São ineg√°veis, todos nós conhecemos testemunhos da viol√™ncia doméstica, casos de roubo e de furto dentro da própria família para pode financiar a aquisição da droga. Então, para a família, nada de útil traz a descriminalização das drogas", falou.


PEC das Drogas


A PEC das Drogas tem o objetivo de determinar como crime "a posse e o porte, independentemente da quantidade, de entorpecentes e drogas afins, sem autorização ou em desacordo com determinação legal, ou regulamentar".

Para que o projeto seja aprovado no Senado Federal, 49 senadores precisam votar a favor da PEC, o que corresponde a dois terços dos parlamentares.

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), disse, também nesta segunda (15), que ainda não sabe como a base governista deve orientar as bancadas na votação.


"Esse tipo de matéria – que são matérias, eu diria, de consci√™ncia – nem sempre voc√™ consegue fazer uma orientação, porque não adianta orientar se a maioria dos partidos, individualmente, orienta ao contr√°rio. Eu não sei como cada um ir√° votar. Eu só espero que a votação não se transforme em um debate √°rido e rasteiro, disso contra aquilo, porque não é disso que se trata", comentou Jaques Wagner.

Caso aprovado hoje, o texto passar√° por segunda votação, que est√° prevista para acontecer no começo de maio. Até o momento, j√° são cinco sessões de discussão e an√°lise pelos senadores.


Blog do Jordan Bezerra/Click-PB

Comunicar erro
Banne 02

Coment√°rios

Banne 03